galdinoalves

poesias

Textos


QUANDO A SAUDADE
VIRA SOLIDÃO! - 183

É um osso muito duro pra se roer
Quando a saudade vira solidão,
Se a pessoa amada não aparecer,
Tenham cuidado com o coração!
A qualquer hora ele pode explodir,
Pois com certeza a pressão vai subir,
E ele vai trabalhar acelerado
Movido pelo calor da saudade,
E se não chegar logo o ser amado,
A solidão vem bater sem piedade!


A saudade e a solidão doem
lá no fundo do coração!

Barreiras BA- 14-04- 2021
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 14/04/2021
Alterado em 14/04/2021


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras