galdinoalves

poesias

Textos


A SOLIDÃO BATE E O CARA CHORA!

Daqui eu te mando flores e um cartão,
Ficarei aqui esperando que você
volte pra aquecer o meu coração,
Pois o frio não me deixa lhe esquecer
E sem o seu calor o frio é de doer!
Sol, pra que se me sinto no abandono?
A tristeza é grande e me apavora,
Vem à noite, mas eu não tenho sono,
A solidão bate e este cara chora
Com saudade da mulher que ele adora!

Barreiras-BA- 10-09-2020
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 12/09/2020
Alterado em 13/09/2020


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras