galdinoalves

poesias

Textos



MILAGRES ACONTECEM!
 
             Bilu é o meu cachorro de estimação. Ele é da raça Dachshund, mora comigo há 14 anos. A sua idade em relação a do humano é de um pra sete, portanto ele tem 14 x 7 = 98 anos. Ele já foi submetido a cinco cirurgias. Na primeira delas, uma equipe de três veterinários me disseram que ele não tinha mais salvação e que deveria ser sacrificado. As lágrimas me Inundaram os olhos, eu chorei feito criança ou pai a beira de perder seu filho amado, mas ainda tive a reação de perguntar qual era a chance do cachorro escapar, se tivesse 1% de chance íamos tentar. Naquele instante de provação eu me senti pequeno demais diante da vida e da norte, mas me senti gigante na fé, acreditei na providência divina, supliquei ao santo protetor dos animais São Francisco de Assis. A minha fé inabalável foi tamanha que literalmente moveu montanha e a providência divina fez o milagre acontecer. E a equipe médica guiada pelas mãos de São Francisco fez a cirurgia e o meu cachorro sobreviveu. O procedimento cirúrgico foi um sucesso! Muito tempo depois por consequências de outros problemas o Bilu foi submetido a outras quatro cirurgia escapou de todas, por isso ele continua vivo e muito arisco! Atualmente por consequência da idade ele está com deficiência auditiva, já não tem tanto faro, mas continua lépido. É meu cachorrão, um fiel amigão. Se eu sou dele o escudeiro, ele é o meu guardião e grande companheiro. Entre nós dois, o perigo é só um desafio e tem solução! Eu tenho 67 anos, somos dois idosos, aí vem à dolorosa pergunta quem será que vai partir primeiro. Prefiro que seja eu. Mas quem vai cuidar do Bilu com a mesma dedicação? O tempo dirá quem dos dois vai sofrer a dor da separação. Seja o que Deus quiser, só Ele sabe a hora que devemos transpor o muro da vida e da fé.
 
Eu venho externar minha gratidão
 Em poesia, e cá estão os versos que eu fiz
Com muito amor, alegria e devoção
Ao glorioso São Francisco de Assis!
 
 
OBRIGADO SÃO FRANCISCO!

Obrigado São Francisco
Por sua grande compaixão,
Nessa milagrosa ação
E compromisso de risco.
 
Ao salvar Bilu o meu cão,
Eu te afirmo foi divino,
Sublime, santo e genuíno
A cura do Biluzão!
 
Ó mestre ao ser consolado
Pela tua divina mão,
Eu senti grande emoção
E fiquei maravilhado!
 
Ó Francisco santo irmão,
Eu de alma maravilhada
Por essa graça alcançada,
Dou-te a minha gratidão!
 
Foi divino o teu socorro
Pra salvar o meu canino,
Digo e afirmo foi divino
Pra salvar o meu cachorro!
 
Bilu corria grande risco,
Se não fosse o teu socorro,
Era o fim do meu cachorro.
Obrigado São Francisco!
 
Barreiras-BA-09-09-2020
Antônio Galdino.
 
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 10/09/2020
Alterado em 13/09/2020


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras