galdinoalves

poesias

Textos


100
A QUARENTENA ACABOU,
MAS A MORTE CONTINUA!

Foi só mais um brasileiro que caiu!
E daí? Foi assim que o fulano falou.
E o paciente idoso não resistiu
A cloroquina que beltrano o enfiou
Passada por sicrano não doutor!
É demais o descaso com a vida
Humana diante do vírus terrível,
E a saúde do povo está desprovida
De uma assistência que seja plausível,
Como estar, melhorar não é possível!

Barreiras-BA-03-09-2020
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 06/09/2020
Alterado em 07/09/2020


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras