galdinoalves

poesias

Textos


O POETA E O DECLAMADOR.

Ouça caro amigo declamador,
Não se esqueça de dizer quem é o autor,
Se você declamar dele a poesia,
pois deve ser parte da sua maestria,
Se o autor for o Vinícius de Moraes,
Diga que é do Vinicius de Moraes,
Se a poesia for minha, diga que é minha,
Mesmo que ao falar, sua voz saia baixinha.
Sendo do Vinícius Azzulin Lena,
Diga que é dele, vai valer à pena,
Isso é digno, lindo e maravilhoso,
Pois ele vai se sentir orgulhoso.
Omitir o autor, isso não se faz,
Citar o pai da poesia é bom demais!
E para todos nós poetas, então,
É massagem no e ego e no coração.
E pra você nobre declamador,
Sua nota vale dez e com louvor,
Pois você sempre põe brilho e acerta
Ao declamar com brio a arte do poeta!

Barreiras-BA-19-08-2020
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 19/08/2020
Alterado em 19/08/2020


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras