galdinoalves

poesias

Textos


GUERRA NÃO! CARNAVAL SIM!

Eu não quero ir à guerra,
Nunca tive essa intensão
De sair da minha terra,
Pra morrer noutra nação,
Eu prefiro o carnaval,
Na trincheira do amor, lá,
O corre-corre é surreal,
Tem bala pra se chupar,
E a bala que existe lá
É bombom e não faz mal!

Espere aí que eu lhe explico,
Na Avenida em Salvador,
Eu atrás do trio elétrico,
Sou um atleta corredor,
Que nem bala de fuzil
Na batida do tambor,
Por mais que seja sutil,
Não tem guerra nem tem dor,
Só alegria em Salvador!
“Na ex capital do Brasil!”

Barreiras-BA 31-01-2020
Antônio Galdino.


Por -  Gualberto Marques.
 
VIVA O CRNAVAL COM ALEGRIA
 
A "Vida" passa por nós depressa,
Éramos meninos, hoje somos Avós,
Ontem chegámos, amanhã se regressa,
Não precisa de ter pena de Nós,
 
Queremos sós que tenham "Saudade"
Das festas e todas as brincadeiras,
Feitas com Amor e Fraternidade,
Como bons amigos de carteira.
 
Carnaval serve pró pior esquecer,
E com alegria o carnaval enfrentar.
Se tal não fizer, poderá perder...
 
Boa oportunidade pra sambar.
Brinque e divirta-se a valer,
Lágrimas de dor são pra enterrar.
 
29 – 02 - 2020

Gualberto Marques.
 
Por – Galdino.
 
Gostei da tua interação,
Com esse belo soneto,
Feito com inspiração
Pra agradar este sujeito!
29-02-2020
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 31/01/2020
Alterado em 29/02/2020


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras