galdinoalves

poesias

Textos


46-QUEM FOI O SORTUDO?
PP
Uma pergunta que não quer calar,
Quem foi mesmo o tatuador sortudo,
Que tirou a sorte grande de tatuar,
Usando a sua macia mão de veludo?

Pra não provocar dor na sua cliente,
Mas com certeza grande excitação,
Pois o local é sabidamente,
Sensível e inspira grande atenção,

Pois lá qualquer um que ponha sua mão,
Seja qual for o gênero ou idade,
Irá sentir e provocar tesão
Com a mais fogosa liberdade!

Pois ali bem próximo ao mamilo,
Qual tatuador que não deseja e quer,
Ainda que ele não fique tranquilo
Tatuar os seios lindos de uma mulher?

Barreiras-BA-29-10-2017
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 29/10/2017
Alterado em 12/03/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras