galdinoalves

poesias

Textos


46-MARIA MADALENA.
PP
Das Marias que  tanto amei,
Foi mesmo a Madalena
A Maria que eu mais gostei,
Que linda era a morena!

Um corpinho de violão,
Umas pernas de atleta,
Era uma inspiração
Para qual fosse o poeta.

Eu vivia loucamente
Por ela apaixonado,
E assim eternamente
Serei seu namorado.

Seu cheiro de açucena,
Muita saudade me traz,
Eu esquecer Madalena?
Isso nunca, nem jamais!

Barreiras-BA-23-10-2017
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 23/10/2017
Alterado em 12/03/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras