galdinoalves

poesias

Textos


NO NORDESTE OU LUTA OU SE FERRA!

No sertão o cabra da peste
Em tempo algum é menino,
Isso, pois, cá no nordeste,
A sina do nordestino
É já nascer se virando
Para o bicho não pegar,
Quem dá mole para o azar
Vai ficar sempre sobrando
No fim da fila esperando,
Mas nunca vai chagar lá!

Portanto já vou dizendo,
Que por isso mesmo, então,
Fazendo sol ou chovendo
Há de se matar um leão,
Mesmo que virtualmente,
Para não perder a guerra,
Pois a vida nesta terra
Não é fácil minha gente,
Pois de chuva se é carente,
E quem não luta se ferra!

Barreiras-BA-02-06-2019
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 03/06/2019
Alterado em 04/06/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras