galdinoalves

poesias

Textos


DEIXA-ME TE AMAR.

Meu bem querer, deixa-me te amar,
Deixa-me, assim a minha maneira,
Eu prometo te fazer sonhar
sentindo prazer, à noite inteira.

Depois disso, será a tua vez,
Tu podes me amar como quiser,
E saciar com toda avidez
teus belos desejos de mulher.

Eu desejo te fazer carícias,
Curtir o teu dengo sensual,
E assim gozar todas as delícias
Desse teu corpinho escultural.

Eu despertarei as minhas fantasias,
Por favor, amor, não diga nada,
Relaxe e sinta as minhas carícias
Nesse teu lindo corpo de fada.

Petrolândia-PE-16-06-1995.
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 27/03/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras