galdinoalves

poesias

Textos


EU SOU UMA ABELHA
NA FLOR DA TUA BOCA.

Ao vê a tua boca vermelha
Tal qual uma cheirosa flor,
Eu desejei ser uma abelha
Para sentir dela o sabor,

Pois o doce mel que eu juguei
Nesses teus lábios encontrar,
Com certeza, ainda não provei,
Dessa doçura a me encantar.

Eu sou um colibri na tua flor,
Sugando desses lábios teus,
O néctar dos deuses do amor
Pra adocica os desejos meus.

Tal qual abelha ou beija-flor,
Eu estou voando, mas vou pousar
Na flor da tua boca meu amor
E o teu doce mel degustar!

Barreiras- 26-03-2019
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 26/03/2019
Alterado em 27/03/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras