galdinoalves

poesias

Textos


NO MAR DA NOSSA ESPERANÇA!

Por favor, queira me escutar,
Estou te convidando, vem!
Corre, vem logo pra cá,
E te Junta a nós também,
Vem e vamos batalhar
Por tudo que nos convém.

Ouça, não é bom que saia,
Vem, não queira te isolar,
Tampouco fugir da raia,
Não dá mole para o azar,
Nadar e morrer na praia,
Não é pra quem é do mar.

E, pra não perder o juízo,
Acende em ti a confiança,
Por isso é que eu te aviso,
Quem navega sempre alcança,
Pois navegar é preciso,
No mar da nossa esperança!

Barreiras-BA- 04-01-2019
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 04/01/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras