galdinoalves

poesias

Textos


POETIZANDO
A IRONIA DO POETA


Acontecem dias na vida do poeta
Que sua inspiração chega quieta,
Ele ignora as regras da gramática,
E cria a linguística mais elástica.

Faz estrofe sem o uso da rima,
Põe a estrutura de pernas pra cima,
Quebra de vez os tabus do estilo
E tira o ponto disso e põe naquilo.

Elimina qualquer tipo de processo
Que venha caracterizar seu verso,
Não obedece ao rigor da estética,
Nem a conta da sílaba métrica.

Pega a caneta e parte de uma vez
Sem se preocupar com o português
Ou qualquer regra da morfologia,
E escreve a sua mais bela poesia!
 
Formosa- GO-13-02- 87
Antônio Galdino.

 
Toma a pena e segue...
segue a caneta no papel...
papel que ri da palavra...
palavra que jura poesia...
poesia que teve em rimas...
rimas que sabe da pena.


Por - Galdino.

Nobre poetisa obrigado,
 Valeu pela interação,
Eu fique maravilhado
com tua participação!

 

 
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 12/12/2018
Alterado em 04/01/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras