galdinoalves

poesias

Textos


QUANDO AS FOLHAS CAEM!!!

No cair das folhas maduras e amarelas,
Lembro-me d
as folhas secas do meu cajueiro,
Quando elas caem e rolam no meu terreiro,
E o vento vem brincar de ciranda com elas.

Eu as vejo tal como um grupo de crianças
Em plena euforia nas brincadeiras de roda,
Brincadeiras que o tempo às tirou de moda,
Mas, continuam vivas em minhas lembranças.


Tempos que eu, tal folha pelo vento levado,
Rolava contente debaixo dos cajueiros
Com outras crianças num baile bem animado,

Onde reinava em nossos corações fagueiros,
A felicidade de se está encantado
Feito folhas brincando com os companheiros!


Barreiras-BA-20-09-2018
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 20/09/2018
Alterado em 16/11/2018


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras