galdinoalves

poesias

Textos


ENFIM EU LHE DECIFREI!

Você tal uma esfinge,
Já deu para perceber
Que você em tudo finge
E diz que vai me comer.

Vou quebrar tal paradigma,
Portanto, eu vou decifrar,
Seja qual for o seu enigma
Pra você não me devorar.

Descobri seus pontos fracos,
E os seus segredos também,
Irei torna-los em cacos,
Pois eles não me convêm.

Já achei o fio da meada
Do labirinto do mal,
Por isso, não há mais nada
Em você que seja surreal.

Sinto o cheiro de vitória
Da guerra que conquistei
Já chegou o fim da sua glória,
Enfim eu lhe decifrei!

Barreiras-BA-21-12-2016
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 10/08/2018
Alterado em 10/08/2018


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras