galdinoalves

poesias

Textos


CONCORRÊNCIA DESLEAL
48
PQA
No vale tudo pelo poder,
Usa-se de mil artimanhas,
Finge-se de um tudo saber,

Mentir está nas entranhas
De quem quer o jogo vencer.
Mas sempre o que lá se vê
São umas figuras tacanhas!


Muitas sem credibilidades,
E, ou condutas duvidosas,
Por dizerem falsas verdades,
Prometendo um mar de rosas,
Utópicas felicidades,

E que sempre nos chegam tardes,
Pois são promessas escabrosas!


Barreiras-BA- 17-05-2016
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 17/05/2016
Alterado em 11/03/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras