galdinoalves

poesias

Textos


ABUTRES E LOBOS...
49
PQA
É! A presa nem está morta,
Mas os abutres se deliciam,
Como pegaram, não importa,
Era só o que eles queriam.

Agora é banquete e farra,
O melhor pedaço é pra mim,
Ou então eu tomo na marra,
Uiva bem alto um lobo assim.

Alguns lobos com fome voraz,
Querendo tudo abocanhar,
E deixar os outros para trás
Sem nenhum naco poder pegar.

Explorem bem a quarentena,
De repente pode reagir o corpo,
Aí adeus carne fresca, que pena,
Tudo que é bom dura pouco!

Barreiras-BA-15-05-2016
Antônio Galdino.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 15/05/2016
Alterado em 11/03/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras