galdinoalves

poesias

Textos




​EU SOU O SEU LUNGA!
 
Eu nasci cá no Ceará,
Caririaçu é a sede,
Mas foi lá no sítio Gravatá,
No ano de vinte e sete.
 
Eu fui morar em Assaré,
E lá eu fui apelidado,
E logo por uma mulher,
A minha zinha ao lado

Eu fico virado um siri
Se me chamam de brutão,
Não há quem me faça rir
Nem mesmo por um milhão!
 
Eu sou um poeta consciente,
E não tolero resmunga,
Respondo tudo com repente,
Ninguém caçoa do seu Lunga!
 
(In memoriam)

 de Joaquim dos Santos Rodrigues.
O lendário Cearense, poeta repentista.
Conhecido como Seu Lunga.


Barreiras – BA - 12-08-2011
Antônio Galdino
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 23/11/2014
Alterado em 26/02/2018


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras