galdinoalves

poesias

Textos


 
DE CABO A RABO
PV
Eu te acho de cabo a rabo
Uma doce tentação,
Pois, o teu corpo malhado
É a razão do meu tesão!
 
Sinto na pele arrepio
E me rendo ao teu olhar,
 O olhar de gata no cio 
Quando está querendo amar!
 
 Confesso que não aguento
Ver-te passar rebolando,
Eu viajo no pensamento
E assim me vejo te amando!
 
Barreiras – BA 25 – 02 – 2011
Antonio Galdino

 
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 27/02/2011
Alterado em 15/03/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras