galdinoalves

poesias

Textos


 
MEU AMOR, MEU BEM - QUERER.
PV
Quanta saudade eu sinto agora
De alguém que eu tanto amei
E que um dia foi-se embora,
Por onde anda? Eu não sei.

Esse meu pobre coração
Não sabe mais o que fazer,
E assim nesta tal situação
A solidão me faz sofrer.

Meu amor, meu bem - amado,
Meu amor, meu bem - querer,
Ainda estou apaixonado,
Não consigo lhe esquecer.

Quero ver os seus olhinhos
Quero beijar os lábios seus,
Quero curtir os seus carinhos
E lhe afagar nos braços meus.

Eu quero ouvir a sua voz
Quero sentir aquele calor
Que sempre existia entre nós,
No píncaro do nosso amor!

Meu amor, meu anjo idolatrado,
Meu coração ainda está a lhe querer,
Ainda sinto o meu corpo embriagado
Do seu corpo que não consigo esquecer!

Barreiras - BA - 29 / 08 / 2010
Antonio Galdino
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 01/09/2010
Alterado em 15/03/2019


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras